Dicas e truques

Num mundo em que milhões de pessoas passam fome todos os dias, é essencial diminuir a perda e o desperdício alimentar. Modificar os nossos hábitos e diminuir o desperdício alimentar está nas nossas mãos! Ao diminuirmos ou eliminarmos totalmente o consumo de carne, podemos alimentar muitas mais pessoas. O combate ao desperdício alimentar é igualmente importante. Abaixo irá encontrar algumas dicas para evitar o desperdício alimentar.

  1. Adote uma dieta mais saudável e sustentável.

Ao eliminarmos o consumo de carne, podemos alimentar muitas mais pessoas!

  1. Compre apenas o que necessita.

Planeie as suas refeições e faça uma lista de compras! Desta forma, não só diminui o desperdício de alimentos como também estará a poupar dinheiro!

  1. Escolha frutas e legumes menos chamativos.

Não se preocupe que o sabor é o mesmo! Também é possível processar estes alimentos em smoothies ou sumos. Além disso, em diversos supermercados agora é possível comprar frutos e legumes “imperfeitos”, por um preço mais baixo.

  1. Conserve os seus alimentos de uma forma inteligente.

Os produtos mais antigos deverão ser conservados na frente do armário, frigorífico e congelador. Os novos produtos são colocados na parte de trás. Conserve no frigorífico alimentos frescos que já tenham sido abertos e certifique-se que os pacotes estão sempre bem fechados. Mantenha o seu frigorífico arrumado! Um frigorífico arrumado diminui os desperdícios, pois sabe sempre o que tem.

  1. Sabia que existe uma diferença entre “consumir de preferência antes de” e “consumir até”?

“Consumir de preferência antes de” significa que o produto ainda pode ser consumido após o prazo de validade, se ainda tiver um aspeto e cheiro normal. “Consumir até” refere-se a produtos que já não podem ser consumidos após o prazo de validade.

  1. Comece com pequenos passos

Experimente cozinhar porções mais pequenas em casa, ou partilhe uma dose grande num restaurante.

  1. Conserve e consuma as sobras.

Para conservar as sobras de alimentos, coloque-as no frigorífico ou congele-as. Assim, pode consumi-las numa outra altura. Isto não só diminui o desperdício, mas é muito prático para quando não tiver vontade de cozinhar! Algumas sobras também podem ser utilizadas como ingrediente numa outra refeição. Por exemplo, leve as sobras consigo para o trabalho!

  1. Dê bom uso aos seus restos alimentares!

Em vez de deitar os restos para o lixo, pode fazer composto. Desta forma, estará a devolver os nutrientes à terra, diminuindo a sua pegada ecológica.
Sabia que os restos de alimentos também podem ser utilizados para fazer caldo de legumes? Por exemplo, conserve as cascas de cebola, extremidades do funcho, talos de couve-flor, pequenos pedaços de alho: Frite restos de legumes, como as extremidades, talos, cascas e outros pedaços restantes com azeite ou manteiga, adicione água e deixe cozinhar para fazer um caldo de legumes.

  1. Utilize todas as partes do seu ingrediente/legume

Coma a casca! Muitas vezes os legumes são descascados antes do consumo: sabia que a maioria das vitaminas se encontra na casca? Por exemplo, cenoura ou beterraba: lave-as bem e, em seguida, consuma sem descascar.

Sabia que o talo dos brócolos e da couve-flor também pode ser consumido? É delicioso no wok! Ao utilizar todos os componentes dos legumes, não precisa de deitar nada para o lixo e poupa ainda mais dinheiro!

MORELIFE
LESSMEAT